Depilação Definitiva

A depilação definitiva utiliza a tecnologia do laser ou da luz pulsada para cauterizar a raiz de pelos, impedindo que estes folículos produzam novos fios. Com isso, é possível reduzir o surgimento de novos pelos nas regiões do corpo tratadas.

Este tratamento é mais eficiente que a depilação com cera quente ou fria e a depilação com lâmina, pois com estes métodos a pele costuma ficar irritada, machada ou com pelos encravados.

A depilação a laser é ideal para levar praticidade ao seu dia a dia, para que você não precise mais se preocupar com depilação, pelos encravados ou pelos em excesso. Quanto mais escuro e grosso for o pelo, melhor será o resultado, independente da região do corpo a ser aplicada. Pelos brancos e penugem não respondem bem ao tratamento.

A depilação definitiva pode ser indolor, e realizada de forma rápida e eficaz. Cada sessão elimina cerca de 20% dos pelos, sendo normalmente necessárias cerca de 5 a 6 sessões para a sua eliminação total. O número de sessões varia para cada pessoa, e  depende do tipo de pele e características dos pelos.

Para quem tem problemas como pelos encravados, sente muita dor com a depilação com cera, tem alergias aos cremes depilatórios ou à lâmina, ou mesmo para quem não quer se preocupar com depilação, a depilação definitiva torna-se uma excelente opção

Antes de realizar este procedimento, você precisa interromper o uso de métodos de depilação que arranquem os pelos pela raiz, como o uso de pinças ou depilação com cera. É recomendável que a pele a ser tratada não esteja bronzeada.

Dependendo da área tratada, o procedimento é geralmente rápido e indolor.

Após a sessão, é normal sua pele ficar um pouco irritada, inchada e com algumas casquinhas, que caem em poucos dias

Após a depilação definitiva, é muito importante proteger a região recém tratada dos raios solares. Por isso, não se exponha a região ao sol por, no mínimo, 72 horas, e utilize o filtro solar constantemente.

Orientações
Antes de realizar o procedimento, alguns cuidados são recomendados:

  • Não tenha exposições prolongadas ao sol pelo período mínimo de três semanas antes do início da depilação, pois a pele queimada se torna sensível e pode apresentar reações como manchas e queimaduras. Por isso, a pele não pode estar bronzeada;
  • Evite se depilar com cera por, pelo menos, um mês, pois ela retira o pelo da raiz, fazendo com que o laser não tenha efeito. A depilação com lâmina pode ser feita até um dia antes do procedimento, e a raspagem deve ser feita no sentido de crescimento deles, para evitar que se encravem;
  • No dia, os pelos devem estar bem curtos e de preferência raspados, pois pelos compridos podem ocasionar queimaduras na pele.

É preciso muito conhecimento e treinamento para manusear o equipamento de laser. Isso porque podem ocorrer efeitos indesejados, como manchas e queimaduras na pele.

Por isso, você deve procurar um profissional habilitado, como o dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Assim, você pode ter o resultado desejado minimizando os riscos e realizando o procedimento de forma segura e com toda a orientação.

Tire suas dúvidas