Micose

A micose é uma infecção causada por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos, e pode ser classificada como:

  • Pitiríase versicolor, ou “fungo de praia”: (Figura1) acomete normalmente adolescentes e jovens, principalmente de pessoas com a pele oleosa. Apresenta-se, clinicamente, como manchas brancas e descamativas, que normalmente surgem na parte superior dos braços, tronco, pescoço e rosto. Ocasionalmente, as manchas podem ser escuras ou avermelhadas, e o tratamento é feito com medicamentos anfigúngicos tópicos ou orais.
  • Tineas (tinhas): são causadas por um grupo de fungos que vive às custas da queratina da pele, pelos e unhas. Se manifestam como manchas vermelhas de superfície escamosa, crescimento de dentro pra fora, com bordas delimitadas, pequenas bolhas e crostas. Seu principal sintoma é a coceira;
  • Candidíase: esta infecção pode comprometer a pele, mucosas e unhas. Algumas situações, como baixa imunidade, uso prolongado de antibióticos, diabetes, umidade e calor favorecem o desenvolvimento do fungo causador da doença. Se manifesta de diferentes formas: placas esbranquiçadas na mucosa oral, muito comum em recém-nascidos; lesões fissuradas no canto da boca; placas vermelhas e fissuras localizadas em dobras naturais; ou em regiões genitais, causando coceira, manchas vermelhas e secreção vaginal esbranquiçada. O tratamento da candidíase consiste em antifúngicos tópicos e sistêmicos, empregados sob orientação médica.
  • Onicomicoses (fungos das unhas): principal causa de alteração das unhas, que acomete tanto os pés quanto as mãos. Geralmente, ocorre o descolamento da unha do leito, e ela se torna mais espessa. Também pode haver alteração em sua coloração e forma. O tratamento é complicado e prolongado, e pode ser feito com medicamentos locais ou orais.

 

Tire suas dúvidas